Plataforma integrada de comunicações de Exploração Ferroviária netrail-m

2012-12-03

Procurando tornar a sua plataforma integrada de comunicações de Exploração Ferroviária - netrail-m - mais versátil, robusta e segura, a REFER Telecom desenvolveu um conjunto de novas funcionalidades e redesenhou a arquitetura da solução de modo a incrementar o seu grau de disponibilidade.


Assim, para além de gerir as comunicações de fonia de exploração suportadas em diferentes meios de transmissão, redes fixas e móveis de tecnologia TDM e VoIP, a operação da solução passou também a ser realizada integralmente a partir de uma interface homem-máquina totalmente baseada em tecnologia Web. Esta evolução permite, por um lado, uma elevada versatilidade de funcionamento e flexibilidade, possibilitando a migração e integração de soluções legacy TDM para e com soluções de nova geração baseadas em VoIP, e, por outro, tirar partido da tecnologia Web e protocolos IP para garantir a redundância e elevada disponibilidade de funcionamento das posições de operação da solução, requisito fundamental às aplicações de comando e controlo da circulação. A abordagem Web complementada por uma infraestrutura de Datacenters e tecnologia de Disaster Recovery permitem obter soluções de elevada disponibilidade.

Procurando incrementar a segurança das comunicações de Exploração Ferroviária, a REFER Telecom introduziu um novo conceito neste tipo de comunicações - a videochamada. Para além dos mecanismos e funcionalidades próprias deste tipo de soluções, para garantir que os intervenientes nas comunicações são efetivamente os habilitados para tal, a videochamada vem acrescentar um outro patamar de segurança através do reconhecimento mútuo dos interlocutores. A implementação desta funcionalidade foi conseguida através da adoção de um terminal fixo VoIP, com possibilidade de realização de videochamada e desenvolvimento de todo o software de controlo e enforcement de segurança, quer ao nível do terminal, quer ao nível da plataforma integrada de comunicações.

Este terminal de videochamada está já a ser utilizado em regime de operação real para estabelecer comunicações de voz e vídeo entre estações de caminho-de-ferro da Linha do Norte e o Centro de Comando Operacional (CCO) de Lisboa. Trata-se de um desenvolvimento no âmbito do qual foram concebidas e implementadas as funcionalidades do modelo e regulamento aplicável ao troço de linha em causa, correspondendo a uma configuração específica do sistema de telecomunicações de forma a adaptá-lo ao modelo em exploração. Esta implementação em particular faz uso de diferentes meios de transmissão para suporte das comunicações e é suportada por tecnologia IP\MPLS e GSM. A solução faz recurso da rede fixa que suporta as comunicações ferroviárias onde são implementados mecanismos de segurança, QoS, priorização de tráfego, largura de banda, etc., adequados à criticidade e requisitos das aplicações suportadas e de uma rede móvel GSM de um operador público, evidenciando-se desta forma a versatilidade da solução.

Os novos desenvolvimentos da plataforma netrail-m incorporam na sua implementação todas as funcionalidades exigidas a este tipo de comunicações, nomeadamente: comunicação ponto-a-ponto, conferência, priorização de chamadas, etc. e garante os seguintes requisitos fundamentais: confidencialidade das comunicações, o seu rastreamento, registo e gravação. No caso particular do Interface Homem-Máquina do telefone com videochamada, são também apresentadas informações ao Operador sobre o estado das estações envolvidas na comunicação.

Possuindo uma plataforma cujos atributos se baseiam na versatilidade, robustez e segurança, a REFER Telecom é capaz de endereçar soluções para os diferentes cenários apresentados pelos gestores de tráfego ferroviário.